ACABOU DE DESCOBRIR QUE TEM DE EXTRAIR DENTES – E AGORA?

Se estiver a ler isto, o seu dentista provavelmente acabou de lhe dizer que terá de remover um ou mais dentes. Sabemos que isto pode parecer uma notícia chocante e avassaladora, mas queremos que saiba que não está sozinho – o nosso site foi criado para o ajudar em todos os passos do caminho que se avizinha.

Apesar de perder um dente envolver ajustes temporários à sua vida, os dentes de substituição são hoje em dia tão avançados que as coisas depressa voltarão ao normal. Voltará a rir, falar, comer e beijar, tal como faz agora, e estamos aqui para o ajudar a atingir esse objetivo.

Woman sitting cross-legged on her couch while reading  something on her computer

O QUE ACONTECE A SEGUIR?

Se lhe foi dito que terá de remover um dente, irá ser marcada uma consulta para um procedimento de extração de dentes e o seu dentista discutirá consigo a melhor opção para substituir os dentes que ficarão em falta. Estas incluem:

Prótese parcial

As próteses parciais são usadas para substituir um ou mais dentes e são encaixadas nos seus restantes dentes.

Prótese total 

Um conjunto amovível de dentes usado quando todos os dentes superiores ou inferiores têm de ser removidos.

Ponte

Um dente artificial novo é cimentado de ambos os lados dos restantes dentes. Não é amovível.

Implante dentário

Uma raiz de titânio que imita a sua raiz natural é cirurgicamente colocada no osso abaixo da gengiva e, em seguida, um dente protético é aí fixado. Tal como a ponte, o implante não é amovível.

O  custo, a saúde das suas gengivas e do osso, e que dente (ou dentes) são removidos são os fatores decisivos para qual destas opções escolher. Por exemplo, se as suas gengivas não estiverem saudáveis ou se tiver perda óssea, um implante dentário pode não ser adequado. É uma boa opção de longa duração se as suas gengivas e ossos estiverem saudáveis, se estiver a substituir apenas um pequeno número de dentes e se estiver ao alcance da sua carteira.

As próteses dentárias amovíveis são geralmente a opção mais económica e os implantes dentários a mais cara.
 

POR QUE MOTIVO TEM DE SUBSTITUIR O DENTE EM FALTA?

Ignorar a decisão de substituir um dente em falta pode fazer com que os restantes dentes se desloquem, afetando a sua mordida e fisionomia. Pode também causar a deterioração e problemas de gengivas por via de alimentos que ali se acumulam.  Siga o conselho do seu dentista se este lhe disser que terá de substituir o dente em falta.
 

O LADO EMOCIONAL DA PERDA DE UM DENTE

Para além de lidar com os aspetos físicos de perder um dente, esta perda pode acarretar também problemas emocionais. Poderá sentir-se irritado, preocupado, impotente, triste, culpado – todos estes sentimentos são perfeitamente normais.

Os seus dentes são parte do seu corpo e identidade e afetam a forma como come e comunica, pelo que é compreensível que pondere como a perda de um dente poderá impactar a sua vida. Quer escolha uma prótese, ponte ou implante dentário, não é o seu dente natural, por isso, permita-se algum tempo para se habituar à nova realidade.

SE OPTAR POR PRÓTESES…

• Como especialistas em cuidados de próteses, podemos dizer que se escolher esta opção para substituir os seus dentes, os desafios que enfrentará são temporários, podem ser superados com o tempo e com a ajuda do seu dentista. A base de dados e informações que desenvolvemos irá ajudá-lo nesta sua experiência.

• A nível global, cerca de uma em cada cinco pessoas usam próteses dentárias1, o que significa que várias pessoas que conhece provavelmente têm uma. “Eu pensava que nenhuma das minhas irmãs usava próteses dentárias”, diz um consumidor, 59 anos, que usa próteses dentárias depois de ter perdido dois dentes da frente num acidente. “Mas quando coloquei as minhas próteses, uma delas admitiu que tinha uma prótese lateral!"2

 • Não são exclusivos de pessoas idosas – quase metade dos utilizadores de próteses têm menos de 603 anos. “Eu associava as próteses dentárias à minha mãe porque ela tinha um conjunto completo", diz um consumidor. “Para mim, as próteses eram para idosos. Mas agora que as uso, não penso nelas como uma coisa de pessoas idosas. Se tem de se ter próteses, que assim seja!"4
 

A VIDA VOLTARÁ AO NORMAL

A adaptação às próteses demora algum tempo, mas milhões de pessoas vivem normalmente com elas no seu dia-a-dia e são felizes. “Habituei-me muito facilmente às minhas próteses dentárias", diz uma consumidora, 64. “É muito confortável – sinto falta quando não as tenho; o natural agora é quando as tenho colocadas. Não afeta a minha forma de comer ou o que como, por isso, saio e como, bebo, sorrio, rio e tudo o mais – não é problema nenhum, é muito positivo.”5

Os avanços na forma como as próteses são feitas faz com que tenham a mesma aparência dos dentes de esmalte e a cor pode ser adaptada para corresponder à cor dos dentes já existentes; por isso, cabe-lhe a si decidir se conta a amigos e à família que usa uma prótese.

Inicialmente, pode levar algum tempo para se acostumar a comer e falar e precisará de fazer algumas concessões durante esse período, como comer alimentos mais macios e praticar falar com as suas próteses, mas pode contar com a abundante informação disponível neste site para o ajudar a ultrapassar esses desafios iniciais. Irá comer em público, rir com amigos, falar perante audiências e ter encontros amorosos. Tudo é possível.
 

PENSAMENTO POSITIVO

Muitas pessoas dizem que se sentem envergonhadas com o estado da sua boca e dos seus dentes6. Se se identificar com este sentimento, verá que substituir um dente em falta melhorará grandemente a sua qualidade de vida.

“As próteses foram uma grande mudança na minha vida"7, diz um consumidor, de 51 anos, que teve de extrair três dos dentes da frente. “Graças a elas, voltei a sorrir – agora, sorri-o com alegria e gratidão." Cerca de 1,7 milhões de portugueses utilizam prótese dentária.8
 

O SEU PLANO DE AÇÃO

• Provavelmente a notícia da perda do seu dente deixou-o abalado pelo que não lhe permitiu absorver totalmente as informações que o seu dentista lhe passou, mas chegou o momento de voltar a assumir o controlo, procurando o máximo de informação possível. O conhecimento é poder e está tudo nas suas mãos.

• Antes da sua próxima consulta, pesquise os tipos de dentes de substituição e os seus custos, para que possa ter uma discussão completa e informada com o seu dentista; anote também quaisquer dúvidas que tenha sobre os efeitos da perda de dentes após o seu procedimento de extração de dentes.

• Leve consigo uma caneta e papel para que você ou um amigo/familiar possa anotar as respostas. Sentir-se informado e preparado irá permitir-lhe enfrentar esta iminente situação na sua vida de uma forma positiva e pró-ativa.

 

Referências externas:

1 Dados do arquivo GSK 

2 Transcrições de Histórias Reais – Asher Robinson 15:06 – 16:21

3 Dados do arquivo GSK 

4 Transcrições de Histórias Reais – Asher Robinson 11:13 – 11:40

5 Transcrições de Histórias Reais – Asher Robinson 05:45 – 06:02 + 11:36- 11:53

6 American Dental Association, acedido em setembro de 2019, página 2 (put link)

7 Transcrições de Histórias Reais - David Clements 28:04-28:29 + 03:11-03:45

8 Incidence Tracker Denture Care 2016: https://www.gotoapro.org/facts-figures/

 

Referências internas

1 Dados do arquivo GSK 

2 Transcrições de Histórias Reais – Asher Robinson 15:06 – 16:21

3 Dados do arquivo GSK 

4 Transcrições de Histórias Reais – Asher Robinson 11:13 – 11:40

5 Transcrições de Histórias Reais – Asher Robinson 05:45 – 06:02 + 11:36- 11:53

6 American Dental Association, acedido em setembro de 2019, página 2 (put link)

7 Transcrições de Histórias Reais - David Clements 28:04-28:29 + 03:11-03:45

8 Incidence Tracker Denture Care 2016: https://www.gotoapro.org/facts-figures/

OUTROS ARTIGOS RELACIONADOS QUE PODERÁ GOSTAR

You are about to leave a GSK website. By clicking the links above, you will be taken to an external website that is independently operated and not managed by GSK. The website you are linking to is not controlled or endorsed by GSK, and GSK assumes no responsibility for the content on the website. If you do not wish to leave this website, do not click on the links above.