Chegamos em casa e ela começou a se sentir aflita porque estava incomodando, porque estava dolorido, que estava ruim. Mas precisa de persistência, né? Fomos várias vezes ao dentista ainda. Ele até mesmo receitou um remedinho que era para ela fazer um bochecho, né? E assim foi indo, foi indo, ela foi se acostumando e hoje, se você vai falar alguma coisa para ela de dente, que está com problema, que está com dor, ela fala: “Tira, tira e põe a prótese. Nossa, é a melhor coisa.” Hoje tem muito implante, né? As pessoas vêm conversando com ela a respeito de implante, “Ah, não. Eu não. Pra mim não tem nada melhor do que a prótese”.