A colocação da prótese mudou a vida dela completamente. A qualidade de vida foi lá em cima. Antes ela era triste, cabisbaixa, meio deprimida, não se arrumava, não saía de casa. Até os irmãos dela deixavam de ver, de sair, não acompanhavam a gente em nada. Aí depois que colocou a prótese foi... depois que adaptou, que ela se acomodou, demorou um pouquinho, alguns meses para ela se adaptar, mas aí que passou a dor, passou o incômodo foi espetacular. Ela voltou a sair, a rever os amigos, familiares, voltou a comer bem, ficou mais forte, tanto que agora faz mais de um mês que está viajando e eu não consigo mais ver minha mãe. A gente até pensa em tirar a prótese dela, de tanto que ela está viajando agora. Está saindo, voltou a trabalhar, a fazer as coisas, as costuras dela. Está um espetáculo. Recomendo. Recomendo mesmo.